You don't have javascript enabled. Please, enable the javascript or try another browser.

Poesia de Braulio Bessa no II Encontro

Poesia, dança, teatro, música e amor de sobra. O II Encontro da Fraternidade sem Fronteiras que acontecerá em Campo Grande, MS nos dias 20, 21 e 22 de abril, reunirá nomes da cultura regional e nacional por uma só causa: a da fraternidade.
Bráulio Bessa, João Signorelli e Anamari Souza são alguns dos nomes que estarão presentes com suas artes em prol de um mundo melhor.

“A poesia pra mim é uma forma de ver o mundo, é tentar extrair beleza e profundidade das coisas cotidianas. Percebi que era necessário tentar uma abordagem não violenta sobre o assunto (religião) e a poesia me possibilitou isso”, contou Anamari Souza que abre no sábado, dia 21, o “Diálogo Interreligioso – Um só povo, um só coração” com sua poesia Religare. Ao declamar seus pensamentos e publicar no Youtube, a repercussão foi tão grande que fez dela uma das novas vozes da atualidade juntando arte e reflexão social em suas obras. Hoje Anamari vive da arte que transformou sua história. “Sempre gostei disso, eu pinto, faço artesanato, bordado e crochê desde adolescente, assim como escrevo desde lá também, mas não pensava em ganhar dinheiro com arte, era minha terapia mesmo. Agora tenho me dedicado a entender como fazer isso cada vez mais.”, contou ela.

Arte transformadora também na poesia de cordel de Bráulio Bessa, que encerra a noite do segundo dia de Encontro com o Tema “Poesia que Transforma”. Cearense de Alto Santo, Bráulio escreve e recita seus versos baseado em toda a sua vivência simples no sertão nordestino. O sucesso muito tem a ver com a escrita acessível e a fala descomplicada com que o artista consegue passar sua mensagem. Famoso por seu quadro semanal no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, Braulio consegue circular em vários nichos, conservando uma base de seguidores encantados. “Eu já escrevi sobre homofobia, racismo, depressão, suicídio, transfobia, tudo em forma de poesia, em forma de literatura de cordel, e isso é também quebrar um mito sobre a própria poesia porque a gente pode falar de tudo, a gente pode transformar”, fala ele em um dos trechos da palestra que irá apresentar por aqui.

O ator mineiro João Signorelli fará pequenas intervenções durante a programação recitando versos do monólogo “Gandhi: um líder servidor”. A relação do ator com o líder pacifista não é de agora e a obra encenada por ele carrega a mensagem central desse II Encontro: seja você a mudança que quer ver no mundo. 
“Gandhi pensava no outro e o trabalho que a Fraternidade faz é pensar no outro”, analisa o ator. 


 

O II Encontro da Fraternidade sem Fronteiras será no espaço para eventos do segundo piso do shopping Bosque dos Ipês e as inscrições podem ser feitas no link aqui de baixo.  

 

 

 

Português, Brasil

Comentar

CAPTCHA
Esta pergunta é pra confirmar que você é um ser humano e não um robó enviando spam automático.