You don't have javascript enabled. Please, enable the javascript or try another browser.

Corações do bem em Campo Grande


 

No último final de semana, 16, aproximadamente 80 divulgadores e coordenadores da Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras, se reuniram em Campo Grande, Mato Grosso Do Sul.

O primeiro encontro de divulgadores dos trabalhos da ONG reuniu voluntários de vários estados do Brasil, e brasileiros que moram no exterior. Fortalecendo as ações humanitárias entre palestras, apresentações dos novos projetos, questões de gestão e transparência da Organização, foram os motivos para o encontro.

“Esse encontro está sendo muito bom, estou aprendendo muito e conhecendo mais ainda da Fraternidade. Aprendendo também como devo agir para ajudar na divulgação da causa”, agradece Lawrence Garcia, médico caravaneiro de Uberlândia, Minas Gerais.

A chegada da água e o cultivo sustentável nas aldeias de Moçambique, proporcionado pela Fraternidade - que nos país perfurou 10 poços artesianos – foi um dos assuntos que serão tratados durante a programação, e uma nova campanha desafiadora, a construção de uma cidade, em Madagascar – A Cidade da Fraternidade - também foi apresentado.

Estiveram presentes agrônomos que realizaram o trabalho sustentável em Moçambique, como Elielda Fernandes, que morou 5 meses em uma aldeia em Muzumuia, em um Centro de acolhimento da Fraternidade sem Fronteiras, região de Moçambique.  “É muito gratificante ver nosso trabalho por lá. Realmente a Fraternidade sem Fronteiras faz toda a diferença naquela realidade”.

Profissionais de outras áreas – todos voluntários -  envolvidos em projetos na África e no Brasil, também contarão suas experiências e trabalhos realizados pela FSF. Angélica Bogatzky é médica e já viajou a Moçambique duas vezes e também faz parte do projeto Ação Madagascar, presente também nas duas caravanas a Madagascar. “Não existe conexão mais forte com o ser humano. Com certeza existe uma Angélica antes e depois da África”. 

A Orquestra Filarmônica Jovem Emmanuel – projeto mantido pela Fraternidade sem Fronteiras - composta por jovens da periferia da cidade, também um dos projetos apresentado, emocionou os convidados no palco, abrindo o evento no Instituto Missionário São José, que iniciou no sábado 7h30 da manhã até às 21h, finalizando no domingo das 7h30 ao 12h.

Português, Brasil

Comentários

Amo fazer parte de tudo isso!

Comentar

CAPTCHA
Esta pergunta é pra confirmar que você é um ser humano e não um robó enviando spam automático.